NOMESicon1

1. Pleasure Principle
2. Control
3. What Have You Done for Me Lately
4. Feedback
5. You Want This
6. Alright
7. Miss You Much
8. Nasty
9. Nothing
10. Come Back To Me/Let’s Wait Awhile
11. Again
12. Doesn’t Really Matter
13. Escapade
14. Love Will Never Do (Without You)
15. When I Think Of You
16. All For You
17. That’s The Way Love Goes
18. I Get Lonely
19. Black Cat
20. If 
21. Scream/Rhythm Nation
22. Diamonds/The Best Things in Life Are Free
23. Throb/Make Me
24. Together Again

TOUR

Os anos de 2009 e 2010 foram bem agitados para Janet. Nesse período a cantora lançou sua segunda coletânea, Number Ones/The Best, estrelou os filmes Why Did I Get Married Too? e For Colored Girls. Lançou seu primeiro livro, True You, que começou a ser escrito em meados de 2007. Em Julho de 2010, Janet foi convidada para se apresentar na noite de abertura do famoso Essence Music Festival, em Nova Orleans. Mesmo tendo pouco tempo para ensaiar, Janet topou e deu literalmente um show! Muita coisa foi reciclada de sua turnê anterior, Rock Witchu, com alterações e adição de seus últimos singles: ‘Nothing’ e ‘Make’ Me. Alguns meses depois, Janet fez um show particular na cidade de Nova York, no Radio City Music Hall. E foi naquela noite que surgia a inspiração para sair em turnê novamente.

Em novembro, um vídeo foi postado no site e redes sociais de Janet, onde ela falava diretamente com os fãs. J dizia que muitas pessoas ao redor do mundo estavam perguntando quando ela entraria em turnê novamente e, por isso, ela decidiu fazê-lo. O apoio e amor dos fãs significavam muito e ela queria demonstrar sua gratidão. A Number Ones: Up Close and Personal Tour seria totalmente diferente de seus shows anteriores. Sem efeitos pirotécnicos ou grandes estruturas, Janet teria apenas a banda e seus dançarinos no palco. Os shows aconteceriam em lugares menores, para que ela pudesse se conectar de verdade e estar realmente próxima dos fãs. Inicialmente seriam 35 datas, uma para cada hit #1 e todas votadas pelos fãs no site oficial da cantora. O setlist e estrutura do show também se assemelharam muito com o Essence Music Festival, mas dessa vez Janet manteria o foco em seus #1, adicionando algumas músicas que nunca havia cantado na vida, como ‘Diamonds’ e ‘Best Things In Life Are Free’!

NOMESicon

O show todo era uma grande festa, Janet parecia muito confortável no palco e em ótima sintonia com seus dançarinos e banda. Os figurinos (que foram aposentados com o passar da turnê) foram assinados por Robert Henri Behar, designer que já havia trabalhado com Janet nos vídeos de ‘Rock With U’ e ‘Make Me’. No quesito coreografia, Gil Duldulao disse que como aquele era um show para celebrar os #1, nada mais lógico do que manter as coreografias originais.

NOMESicon2

O sucesso foi tão grande, tanto nas críticas quando nas vendas de ingresso, que Janet resolveu estendê-lo. Os 35 shows se multiplicaram e viraram 80, divididos em oito legs. Janet foi dos Estados Unidos à Europa, da Ásia à Austrália e passou até pelos Emirados Árabes! Uma última parte da turnê iria acontecer entre dezembro e janeiro, sendo que uma data no Brasil chegou a ser anunciada. Mas alguns dias antes da liberação dos ingressos o show foi cancelado. Em comunicado oficial, a equipe de Janet disse que ela estava muito triste em decepcionar os fãs e esperava se apresentar no Brasil no futuro, mas que devido a conflitos em sua agenda não poderia adicionar mais datas à turnê.

Não existem registros oficiais da Number Ones Tour. Durante sua passagem pelos Emirados Árabes, Janet gravou um comercial para a NutriSystem, onde podemos ver alguns bastidores e uma simulação da preparação de Janet para subir no palco, mas nenhum trecho de show foi divulgado. No entanto, as apresentações de Londres, no famoso Royal Albert Hall, foram gravadas! Muitos fãs confirmaram a presença de equipamento profissional no local e a equipe de Janet confirmou a informação posteriormente, dizendo que o material seria editado e lançado como um especial do Vevo. Mas, como sabemos, nada saiu do papel.